Viajar sem crianças- Turismo “No Kids”

Viajar sem crianças

Casal deitado que ri

Fonte Google Imagens

Filhos- Ter ou não ter- Eis a questão!

Hoje em dia muitos casais decidem não ter filhos. Antes do evento da pílula anti-concepcional, os casais não podiam decidir se ter ou não ter filhos. Minhas avós tiveram 18 filhos cada uma!

Meu irmão decidiu não ter filhos, porque queria viajar muito, e achava melhor viajar sem crianças! Obviamente, sem filhos, o casal tem mais possibilidades de fazer um turismo de melhor qualidade! Custa menos uma viagem para duas que para quatro pessoas!  🙁

A sociedade passou por uma revolução epocal! A família mudou completamente! A mulher passou a trabalhar fora e ter filhos passou a ser uma decisão difícil para o casal! A partir deste momento, os casais passaram a ter livre arbítrio, passaram a poder decidir egoisticamente ou inteligentemente, dependendo do ponto de vista, de trabalhar e viver uma vida sem filhos, com maiores possibilidades, havendo mais dinheiro para viajar, se vestir, e gastar como quisesse as próprias entradas, visto que a educação dos filhos custa caro!

 Mulher trabalhando com filho

Fonte Google Imagens

Taxa de natalidade baixa

Esta revolução na estrutura da sociedade, levou à uma taxa de natalidade cada vez mais baixa! As mulheres querem a sua independência financeira, as estruturas de apoio as famílias, são cada vez mais raras e as que existem, não são eficientes! As avós, que um tempo ajudavam no cuidado dos netos, por sua vez, também trabalham e a aposentadoria ficou mais distante!

Você se lembra daquele ditado: “Onde comem, dois comem três!”? Isso não vale mais! Nós todos estamos muito mais exigentes! A  sociedade de consumo fez de nós pessoas muito mais vaidosas e egoístas!

Neste quadro, todos os setores da sociedade estão se adequando para servir melhor este novo segmento, que se criou: o de casais sem filhos. Na língua Inglesa já existe um acrônimo para eles! Se chamam “Dinks” (Double income, no kids)! Literalmente: Dois salários, sem filhos! Um destes setores é o de Turismo! Se chama turismo “No kids”!

Casal sorridente

Fonte Google Imagens

Seguindo esta tendencia, que foi-se criando, hoje, já existem restaurantes, hotéis, resorts, cruzeiros, e vários tipos de viagens organizadas, voltadas para este segmento de mercado: o de casais sem filhos, onde a presença de crianças, não é bem-vinda e às vezes até é proibida! Nos Estados Unidos, terra de liberdade, que dita novas tendências, isso já é uma realidade.

Por outro lado, independentemente do motivo pelo qual você decidiu não ter filhos, poder viajar sem ter que ouvir choros, gritos e birras deve ser um direito! Afinal, muitas vezes a decisão de não ter filhos, parte exatamente daí, da consciência de querer privilegiar um estilo de vida diferente, onde não há espaço para a família tradicional, onde estes “incômodos” estão sempre presentes!

criança c tinta nas maos 2

Fonte Google Imagens

 Existem alternativas?

Um restaurante de São Paulo colocou na entrada um cartaz que dizia que não eram bem-vindas crianças menores de 5 anos!  A coisa foi recebida com muita surpresa e até com indignação por alguns grupos, como todas as situações pioneiras! Tem quem ache que é um absurdo e tem quem tenha achado a ideia excelente! Eu conheço pessoas que acharam isto genial!  Meu irmão é uma destas pessoas! Como tudo que é novo cria muitas controvérsias!

Pode parecer estranho, não? Mas o turismo está cada vez mais segmentado! E acredito que uma vez feita esta escolha de setorizar, não se poderá voltar atrás! No próximo artigo eu darei sugestões de estruturas turísticas e de entretenimento em geral “No kids”, no Brasil e no Exterior, esperando de ajudar as pessoas que procuram esta informação.

Minha opinião:

Eu como autora deste Blog, respeito totalmente o direito destas pessoas! Penso que devam existir opções para todos os gostos! E o mundo é maravilhoso justamente porque é rico de diferenças culturais, religiosas, geográficas, históricas, etc… Mas….. como mãe, tendo viajado bastante e vivido no exterior por muitos anos, acredito que a viagem seja uma das maiores contribuições que os pais podem oferecer para o processo de crescimento dos próprios filhos! A viagem enriquece grandes e pequenos. E visto que o Turismo para as famílias “vai muito bem! Obrigada!” Todos viveram felizes para sempre!…

 

Se você gostou desta matéria e quer receber outras como esta, deixe o seu email aqui embaixo!

Quero saber a sua opinião!! Este blog também é seu! Ele é um espaço de debate e crescimento para mim e para você!

Um abraço,

Da “Amando o mundo”!