Maldivas

Maldivas…. Antes que acabe….

Maldivas

 

As Ilhas Maldivas são um dos destinos turísticos mais incríveis do mundo. Dotado de rara beleza, esse paraíso terrestre se encontra mais precisamente no sudoeste do Sri Lanka e da Índia. Ainda que oficialmente receba o nome de República, pode-se dizer que as Maldivas são um grande conglomerado de ilhas, algo em torno de 1.196 – uma mais linda do que a outra.

Geograficamente, as Maldivas detém um recorde que, na verdade, não é nada positivo – possui a menor altitude do mundo. Para se ter ideia, o ponto mais alto está a 2,3 metros do nível do mar. E, devido ao problema do aquecimento global, as Maldivas correm sério risco de desaparecer e se transformar em uma região submersa e lendária como a Atlântida.

Aquecimento Global:o gelo que derrete

Fonte Google Imagens

Como o aquecimento pode prejudicar as Maldivas?

O aquecimento global é um problema de todos! A cada ano o planeta se torna cada vez mais quente, devido as constantes emissões de gases tóxicos que afetam diretamente a camada de ozônio que protege o nosso planeta.

Ainda que a República das Maldivas não contribua o suficiente para isso existem outros países até muito mais distantes que estão colocando várias regiões do planeta em perigo. Outro dado assustador é que não é necessário elevar muito a temperatura para causar a submersão das ilhas, basta que ela suba entre 1 e 2° C para que o nível do mar se eleve e elas desapareçam.

Só para relembrar, este problema é ocasionado pelo degelo das calotas polares, ou seja, quando a temperatura se eleva os grandes blocos começam a derreter e isso faz com que o volume de águas dos oceanos  aumente.

Como resolver o problema?

Até o momento segundo os especialistas que estudam o problema, existem duas soluções: os países, principalmente os maiores poluidores, diminuírem a emissão de gases nocivos à atmosfera, que são produzidos por indústrias e fábricas ou então partir para a segunda alternativa – criar ilhas artificiais.

As Maldivas se tornarão  ilhas artificiais?

Existe uma forte possibilidade que isso aconteça, já que os estudos voltados para este projeto já foram iniciados. Para isso será necessário investir muito dinheiro e pessoal para colocar tudo em prática.

Em primeiro lugar, se deve levar em conta a existência de recifes ou a expansão de um ilhéu (ilhota que fica em pleno alto mar). Após verificar essas condições deve-se passar para o projeto em si, seus detalhes e complexidades.

É claro que não é uma construção simples e envolve muito estudo e a experiência de todos os profissionais envolvidos. Os responsáveis pelas ilhas artificiais das Maldivas trabalham com ancoramento no fundo do mar por meio de cabos ou estacas de amarração telescópicas que tornam os solos estáveis.

Maldivas

E há ainda um detalhe bastante curioso, que envolve muitos cuidados para não causar impactos ambientais. Até o momento, as ilhas artificiais que foram criadas são de pequenas dimensões e isto para que não crie muita sombra no fundo do mar e acabe provocando a morte de várias espécies marinhas.

A complexidade da criação de uma ilha artificial

Existem Ilhas artificiais espalhadas pelo mundo como na Holanda, Dubai e até na costa do Japão onde foi criado um aeroporto: o Internacional de Kansai que representa uma das maiores criações de engenharia do milênio.

Depois do Japão, as construções que mais chamaram a atenção no mundo da engenharia e arquitetura foram às ilhas artificiais de Dubai como a Palm Island, que fica em pleno Golfo Pérsico e cujo formato de palmeira é facilmente percebido por radares e pode ser visto da lua.

As Maldivas serão a nova Palm Island?

Palm Island-Dubai

Fonte Gogle imagens

É uma boa pergunta e o projeto é muito audacioso. Inicialmente as ilhas são construídas com o intuito de se criar resorts e casas de luxo como é o caso de Palm Island, cuja construção ainda não tinha sido finalizada e poucas eram as residências ainda disponíveis para compra – sendo que a maioria adquirida era só por astros de Hollywood e bilionários.

Maldivas podem cair nessa (o que é muito provável). Mas para saber é necessário aguardar a finalização do projeto, o qual começou a ser construído em 2015 e deve levar uns 4 ou 5 anos para ser finalizado.

Se você é ansioso e não gosta de esperar é só cadastrar o seu email no formulário abaixo para saber todas as novidades gratuitamente, certo?

 

E lembre-se: a preservação dessas maravilhas também depende de nós!!!

Até o próximo artigo! E….

Se você gostou compartilhe!!!